Uma semana antes da nomeação, Nelson Teich defendeu que não deveríamos gastar com ventiladores mecânicos

Uma semana antes da nomeação, Nelson Teich defendeu que não deveríamos gastar com ventiladores mecânicos e outros insumos para combater a Covid-19, doença causada pelo coronavírus Sars-Cov-2
Nelson Teich, nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como substituto de Henrique Mandetta no ministério da saúde, o novo titular da pasta deixa bem claro que, quando se trata da saúde, é liberal, muito pragmático e que mesmo essa pandemia pode ser tratada como um grande negócio. Também desdenhou dos que defendem a atenção primária e básica como possíveis soluções para o sistema de saúde, afirmando que “quanto mais romântico, mais isso é repetido para a sociedade” Leia mais »