Como fazer parte do Projeto Sens

Traga seu projeto para Sens e venha para uma plataforma original que reúne podcast e rádio de forma democrática, personalizada e independente.

  1. Apresentação
  2. Vantagens
  3. Regras básicas
  4. Recomendações
  5. Avisos
  6. Aspectos financeiros
  7. Formulário de submissão
  8. É músico? Vá direto para o formulário.

 

1. Apresentação

A Sens é uma plataforma que pretende reunir de forma mais consolidada rádio e podcast de produção independente. A transição entre essas duas plataformas é um dos maiores pontos de ruptura digital em curso. O modelo que desenvolvemos tenta amenizar essa ruptura pois possibilita que toda a programação da rádio ao vivo seja composta de podcasts e por outro lado, os podcast possam ser ao mesmo tempo gravados e transmitidos ao vivo.
Para que isso seja aplicado na prática colocamos no ar uma rádio, onde as soluções tecnológicas que propomos são aplicadas. Por outro lado, as demandas que surgem na rádio são incluídas no troubleshooting da plataforma rapidamente.
Qualquer pessoa pode submeter um podcast ao RadioCast e a partir daí, acertar com a equipe um espaço na Rádio.
Disponibilizamos suporte e tiramos dúvidas de quem não tem intimidade com podcast, transmissão de rádio digital  e produção de áudio. Acompanhe nessa página o que é RadioCast, e como participar do projeto.

 

 

 

 

Sens RadioCast – Plataforma tecnológica que pretende unir rádio e podcast permitindo que toda a programação de uma rádio seja composta de podcast, bem como esses podcasts possam ser gravados (como é um podcast) e transmitidos ao vivo. O controle da transmissão ao vivo é controlado à distância, pelo podcaster ou produtor e toda a programação da rádio é gravada para ser disponibilizada nos feeds. Há ainda um gerador  de caracteres autônomo, uma extranet para colaboradores, feed de podcast robusto e transmissão digital pela Sens. Qualquer pessoa, desde que aprovada, pode fazer upload de podcasts no RadioCast, ou usar nossos Drives e páginas no Mixcloud ou Soundcloud.

 

 

 

 

Rádio Sens – Emissora com transmissão digital onde colocamos em prática as experiências que realizamos no RadioCast, bem como as ideias de colaboradores e desenvolvedores. A Rádio Sens está començando, mas cresce continuamente, registrando picos de audiência  200% a 500% maiores que no início, sendo que a média diária aumentou entre 20% e 40% em menos de um ano. Venha crescer com a gente!
Obs: nem todos os podcasts que fazem parte do RadioCast têm horário garantido na programação, mas obviamente fazer parte é o primeiro passo para a partir daí, o podcaster solicitar seu espaço à Sens. Caso todos os horários da rádio sejam ocupados, será aberta segunda e terceira transmissão, tudo conforme a demanda.


 

2. Vantagens

Ampla divulgação, plataforma estável e com curadoria, apoio, suporte, convergência com diversas mídias e principalmente contato e troca de experiências, estão entre as vantagens. Tudo é realizado sem fins lucrativos, de forma colaborativa, participativa, personalizada e independente.

Submeter sua proposta para inclusão de material no Radiocast e na Rádio Sens – Streaming e Podcast, é completamente gratuito.
Entre as vantagens que oferecemos para estão:

  • Estabilidade na transmissão digital da rádio, através de 3 streamings que operam 24hrs.
  • Qualidade de transmissão em AAC de 32 (Eco, ideal para 3G e H+), 64 (médio, ideal para 4G) e 96kbps (ideal para wi-fi, redes e recomendado para aparelhos hi-fi por causa da alta qualidade).
  • Estabilidade nos feeds de podcast, com solução própria de hospedagem e disponíveis nos diversos agregadores. Inclusão do podcast no site da Sens, com espaço próprio e formatação para páginas dedicadas nos feeds de podcast e arquivos com extensão para serem lidos em qualquer player.
  • Acesso gratuito a uma tecnologia inovadora de integração entre live stream e podcast através do RadioCast, que possibilita ao colaborador manipular seu horário na programação remotamente, através de um sistema chamado DRSS e à Extranet.
  • Disponibilização de tecnologia de transmissão e retransmissão externa para programas, shows e live play ao vivo, com formação de rede nas transmissões principais, que pode ser ativado até automaticamente.
  • Site com HTTPS e certificado SSL de segurança em todas as sessões. Bom resultado de SEO e nos mecanismos de busca.
  • Site completamente responsivo, abre perfeitamente em computadores e dispositivos móveis, sem necessidade de instalação de app.
  • Suporte, apoio e resolução de dúvidas de quem não tem intimidade com podcast, transmissão de rádio digital e produção de áudio.
  • Parceria fixa com o estúdio da Oficina MZ que disponibiliza espaço de 10m2 a 2km do metrô em São Paulo. O estúdio conta com mixers de 24 canais, sendo 8 stereos, e 8 balanceados; 5 microfones; 1 headset e 3 fones; monitoramento com 4 saídas + ambiente; 4 computadores: 1 com sortimento completo de softwares para rádio e edição de áudio (este com 3 saídas de áudio independentes) e 1 exclusivo para gravação do estúdio; equalizador, toca-discos, tape-deck, gravador de CD de áudio, etc;
  • Além das soluções próprias, a Sens é colaboradora, divulgadora ou mantém diálogo constante com os projetos Radio GardenRadioDJBUTT, Mixxx e Dissonante. Praticamente todos os processos da rádio são realizados por softwares open source ou freewares.
  • Projeto de longo prazo. O planejamento inicial é de 5 a 10 anos (contando a partir de 2017) para começarmos a avaliar se vale a pena continuar. Ou seja, não sairemos do ar repentinamente, como acontece com muitas emissoras digitais.
  • Espaço seguro e diverso para atender todas as pautas e grupos sociais, bem como minorias.

 

3. Regras Básicas

Como já mencionado, não há custos para submeter seu projeto à Sens. No entanto, alguns projetos podem não ser aceitos, no geral é por que desrespeitam os seguintes itens:

  1. Qualquer forma de LGBTfobia;
  2. Racismo ou xenofobia;
  3. Misoginia ou machismo;
  4. Intolerância e proselitismo religioso;
  5. Classismo, elitismo, gordofobia, etarismo, capacitismo ou determinismos sociais de qualquer tipo;
  6. Incentivo ou apologia ao consumo desenfreado/irresponsável e à desigualdade social;
  7. Especismo e conivência a maus tratos contra animais e que usem animais como forma de entretenimento;
  8. Negação de aspectos da realidade comprovados cientificamente, como por exemplo: degradação do meio ambiente por ação humana, aquecimento global, desigualdade social entre os gêneros, história, formato esférico do Planeta Terra;
  9. Comédia e opiniões baseadas na humilhação ou estigmatização de grupos ou indivíduos, ou que incentive discurso de ódio, intolerância ou bullying.
  10. Posições políticas ou pautas xenófobas, fascistas, militaristas, reacionárias e de extrema direita.

Se o seu projeto desrespeita 1 dos itens, podemos conversar, mas certamente alterações serão solicitadas. Se desrespeita mais de 2 dos itens, melhor repensar seu trabalho e suas ideias.

Obs: Estas regras não implicam que estes assuntos não possam ser abordados. Muito pelo contrário: eles devem ser abordados se necessário. O que não queremos é proselitismo ou apoio explícito a esses itens. Construir pautas que envolvam a discussão desses temas é legal, construir um podcast inteiro apoiando essas pautas não é legal.


 

4. Recomendações

O projeto não faz exigências para quem é aprovado na plataforma. No entanto, pela nossa experiência, recomendamos:

  • Engajamento do produtor com a Sens nas mídias sociais. Curtidas, likes, compartilhamentos, indicação para amigos, colegas  e familiares, divulgação da Sens como sua plataforma de transmissão e podcast, incluindo compartilhamentos através de nossas páginas e divulgação dos outros podcasts da plataforma. Divulgar e impulsionar a Sens é benéfico para todos.
  • Regularidade. Não importa se produz 1 ou 2 vezes na semana, 3 ou 100 vezes no mês…O que importa é manter alguma regularidade na entrega. Recomendamos isso mais pelos ouvintes dos que por nós. Aqui, sempre terá material para cobrir uma falha na entrega, tanto que tem colaborador que senta um dia e faz 6 episódios, outros fazem um por semana. não nos envolvemos no processo criativo de ninguém, só recomendamos regularidade para cativar mais ouvintes.
  • Comprometimento. Não com a Sens, mas com o seu trabalho. Começar agora e desistir semana que vem ou amanhã é o jeito mais rápido de um projeto não vingar e de afastar atuais e futuros ouvintes. Além de ser um tremendo desrespeito com os fãs. Todo mundo tem suas demandas financeiras e pessoais e entendemos isso, tanto que não cobramos nada e não colocamos metas ou obrigações, bem como se houver da parte do colaborador a necessidade ou intuito de monetizar ou capitalizar seu trabalho, estudaremos propostas.
  • Entender princípio básico do projeto. A união de Live Stream e Podcast no RadioCast é inovadora e pode gerar muitos frutos. Porém sem engajamento, regularidade e comprometimento, a coisa pode não rolar como se deseja. Isso não significa se importar com audiência – nós não nos importamos pois somos todos aprendizes (deixe a pilha por audiência para quem sofre pressões comerciais e políticas, nós não temos esse problema). Mas incorporar a Sens no seu trabalho, bem como incorporamos o seu trabalho na Sens é essencial para o crescimento de ambas as partes. Lembre-se sempre que diferente do Soundcloud, Mixcloud, Itunes e outros projetos em que máquinas gerenciam tudo, há pessoas por trás da Sens e essas pessoas além de investirem esforços gigantescos na parte técnica, estão arcando com os custos do projeto. Entenda que é a paixão por abrir espaços e comunicar que move essas pessoas.
  • Rádio Sens e RadioCast são plataformas geradoras de sinal, por isso necessitamos dos arquivos de áudio físicos e já fechados dos podcasts ou programas. Os formatos preferenciais (do arquivo final, já convertido) são mp3 e m4a.
  • O tamanho limite para upload de podcasts no DRSS é 100mb. Para upload nos Drives é de 200mb.
  • Para ter um banner no carrossel da página inicial as dimensões são 1200px X 290px. Na parte inferior é necessário uma margem de mais ou menos 40px para textos, porém, para o background deve ser considerado 290px. Colocar o horário na arte do banner é opcional, já que isso será informado na legenda do próprio carrossel.

  • Por motivos de SEO (optimização para motores de busca), textos devem ser privilegiados, fazendo uso dos termos referentes ao conteúdo em áudio que se deseja trabalhar.
    Exemplo: um podcast na Sens de nome Música é Vida, sobre o assunto Música, apresentado por Fulana e Beltrano. As palavras música, vida, fulana, e beltrano, rádio sens e podcast devem constar no texto e serem repetidas com frequência.
  • Acesse aqui nossa política de uso do site e direitos autorais, e aqui, nossa grade de horários.

 

5. Avisos

  • Todos os colaboradores com projetos aprovados e após a primeira edição veiculada, são adicionados como editores das páginas nas redes sociais. Recebem usuário, senha e palavra passe para o DRSS, bem como acesso à extranet e seus recursos, incluindo GC e CMS. Usem com responsabilidade, cuidado e segurança esses recursos. Seremos bem chatos caso haja algum problema.
  • A Sens não busca em hipótese alguma qualquer tipo de exclusividade sobre o conteúdo produzido por colaboradores. Legalmente, por questões trabalhistas e de direitos autorais, nem podemos fazer isso. Pedimos apenas que se você tem um podcast ou programa aqui conosco, sobretudo transmitido pela Rádio Sens, estabeleça um atraso para divulgação em outras plataformas maiores e mais estruturadas que a gente. Exemplo: o programa vai ao ar na rádio às segundas, solte nas outras plataformas às terças, ou até depois.
  • As decisões na Sens nunca são tomadas unilateralmente.

 

6. Aspectos financeiros

  • Podcast em si é um movimento muito recente. Hoje é uma realidade de sucesso e muitos especialistas apontam-no como um dos possíveis futuros para rádio. Por tudo isso, ainda não está muito claro quais são – e se haverá formas eficientes de capitalização e monetização desse formato para todos os produtores. O que pode se afirmar com alguma certeza é que, a exemplo dos youtubers, nem todos os podcasters ganharão dinheiro com a plataforma.
  • Já a transmissão digital de rádio por streaming é bem mais antiga, remete à década de 90, tendo sua origem (transmissão analógica) consolidada há séculos. Há rádios com transmissão digital muito bem sucedidas e as rádio analógicas computam a audiência na internet como parte dos números que mostram para o mercado (casos estudados pela Sens, mostram emissoras com até 40% de audiência por este meio).
  • A ideia central da Sens é tentar se aproveitar dos benefícios de ambos os canais de comunicação, trazendo ao podcast mais solidez e, ao rádio mais modernidade. Achamos essencial encorpar o RadioCast, deixar o site bem estruturado, com bom SEO (prevendo já as formas de publicidade que isso trará) e estabilidade técnica. Esses itens estão amplamente sendo trabalhados pela equipe. No entanto, outras coisas que achamos importantes como conteúdo atraente e resiliente, fortalecimento das marcas Rádio Sens e RadioCast e ampliação da nossa participação nas redes sociais, precisam ser trabalhados continuamente pelos colaboradores.
  • A Sens sempre será gratuita para a audiência e atualmente segue o mesmo modelo para os produtores de conteúdo. No entanto, pode deixar de sê-lo caso o produtor faça uso da plataforma comercialmente. Estamos abertos à parcerias desde que seja tudo negociado e feito de maneira transparente.

Tudo certo? Pronto para começar a fazer rádio e podcast com a Sens? Se vc discorda de algum dos tópicos ou precisa de mais informações, pode falar com a gente viu? Use o formulário abaixo para submeter sua proposta e seja bem-vinde.

Declaro que li e entendi os tópicos aqui descritos bem como a Política de privacidade, uso do site e direitos autorais.